domingo, 24 de abril de 2016

Internet Fixa Limitada: Saiba Como se Proteger Desse Absurdo!

Acabei de ver um vídeo no youtube falando sobre o fim da internet banda larga fixa ilimitada no Brasil. Esse assunto tem dominado as discussões na internet já que a nossa "querida" Anatel divulgou na semana passada através de seu presidente que a era da internet fixa ilimitada chegou ao fim e que daqui a 90 dias, as operadoras poderão limitar a internet fixa dos consumidores de acordo com as normas da agência reguladora.

As grandes operadoras de telefonia já perceberam que a telefonia fixa está acabando e vendo que suas receitas sobre esse serviço estão em colapso, querem empurrar essa conta para o consumo de dados, encarecendo de forma absurda o custo de se ter internet no Brasil, seja fixa ou móvel.

Você que está acostumado a usar sua internet fixa para fazer muitos downloads, ver vídeos no youtube, assistir sua série favorita no Netflix, jogar jogos online entre outras coisas, passa a estar correndo sério risco de ficar sem internet estourando a franquia de dados estipulada pela sua operadora.

Quando falamos em franquia de dados, trata-se de uma quantidade em Gigabyte (GB) que você tem disponível pela operadora para gastar dentro do mês. O problema, é que no Brasil as operadoras estipulam a franquia de dados, mesmo na internet fixa, muito pequena, uma piada pra falar a verdade.

Os melhores planos de internet fixa das principais operadoras no Brasil, costumam oferecer a franquia de dados máxima de 130 GB pra ser utilizada no mês inteiro. Só assistindo alguns episódios da sua série favorita no Netflix por dia, você pode estourar essa franquia em menos de uma semana e ficar sem internet o restante do mês. Agora, imaginando que mais pessoas na sua casa utilizam a internet além de você, esse problema da franquia de dados na internet fixa, se torna muito mais grave.

Vendo que o direito dos consumidores estão sendo desrespeitados, o deputado Celso Russomano gravou um vídeo ensinando como podemos nos proteger desse abuso das operadoras. Basta entrarmos com um processo no juizado de pequenas causas da nossa cidade com o objetivo de garantir que a nossa internet banda larga fixa não poderá ser limitada pela operadora que presta o serviço.

Com o Brasil inteiro entrando com esses processos visando garantir seus direitos de assinante de internet banda larga fixa, vai ficar muito difícil para as operadoras conseguirem explorar ainda mais os consumidores como já estão fazendo na internet móvel. Não podemos deixar que façam na internet fixa a mesma safadeza que fizeram na internet móvel limitando o serviço.

Vejam o vídeo abaixo para aprender como entrar com um processo no juizado de pequenas causas contra a sua prestadora de banda larga fixa para que ela fique impedida judicialmente de limitar a sua internet.


OBS.: Na última sexta-feira dia 22/04/2016, a Anatel divulgou uma nota impedindo as operadoras de limitar a internet banda larga fixa por prazo indeterminado. É claro que a Anatel só fez isso porque está sendo muito pressionada e criticada pela opinião pública a não permitir a limitação da internet fixa pelas operadoras. Mais detalhes sobre essa decisão provisória, clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário